Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

sábado, 21 de maio de 2016

TRI-HEXA, O VIGÉSIMO TITULO OFICIAL DO SÉCULO

O Internacional conquistou seu terceiro hexacampeonato de sua história. A grandiosidade deste feito pelo time atual basta ver ao comparar com quem conquistou os outros hexas: O Rolo Compressor em 1945 e a máquina colorada dos anos 70 em 1974.

O Colorado sempre respeitou o campeonato gaúcho, quis muito essa conquista, tanto nas palavras do Presidente multicampeão Vitorio Piffero, tanto na corajosa campanha que não teve medo de se comprometer com o titulo: PELA VIGÉSIMA. Buscamos a taça, chamamos a taça, o maior campeão do século não poderia ter receio de usar uma campanha que pedisse o título.

Tinha certeza da conquista. Mais do que um TIME focado, estamos com um CLUBE focado. Todos funcionários, dirigentes, comissão técnica, jogadores se uniram para que o Clube chegasse fortalecido nesta reta final.

Comemoramos muito nos dias seguintes ao título. Jogadores foram premiados e aplaudidos por nossos torcedores. Também fizemos comemorações internas, de reconhecimento a anônimos trabalhadores pelo Clube que muitos não conhecem o nome, talvez já tenham visto no Beira-Rio, os funcionários.

Abaixo apresento para vocês um vídeo do churrasco de confraternização dos funcionários que trabalharam nos jogos. Todos são campeões. Todos contribuíram para o título. Seguranças, bilheteiros, estacionamento, ouvidoria, limpeza, porteiros, atendentes, patrimonio, informática, rh, mídia, marketing... Somos mais que um time, somos um CLUBE.


segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O ANO 2015, RETORNO PARA DIRETORIA DO INTER COM CORAGEM E CRIATIVIDADE

Desde minha saída da diretoria em 2010, nunca me afastei do Internacional. Continuei atuando pelo meu movimento político Ação Independente Colorada no qual fui coordenador de 2012 a 2014. Também retornei ao Conselho Deliberativo em 2012 e contribui com a gestão 2011-2014 sendo o Coordenador da Comissão de Relacionamento com Sócios, principalmente no projeto de Setorização do novo Beira-Rio.

Dirigentes da Vice-Presidência de Administração
Em 2015 retornei a diretoria do Internacional como Vice-Presidente de Administração, pasta que já tinha atuado como diretor de 2007 a 2010 e que assume essa maior responsabilidade com muita tranquilidade e orgulho.

Prontamente montei a equipe da Vice-Presidência. Mais do que um grupo de diretores, montamos um grupo de amigos. André Flores, Fabrício Berto, José Puerta, Marcel Souza, Sírio Oliveira e Vilmar Freitas. Cada um com suas atribuições, mas todos opinando em todas as áreas da administração. Um ambiente de muito trabalho e também de amizade.

Com o perfil de forte controles administrativos e também de conhecer muito o estádio Beira-Rio e o comportamento do torcedor, implantamos um conceito de entretenimento e criatividade em diversas ações no Gigante.

Foram diversas ações, algumas de maior impacto, outras nem tanto. Difícil classificar qual foi a mais impactante pois todas tem um carinho especial, pois tivemos nela criação ou participação na execução com outras vice-presidências e departamentos do clube. Ao final do 1º ano é importante fazer um balanço das ações.

LOTE ESPECIAL DE INGRESSOS: O conceito de shows aplicado para jogos, ideia trazida para o futebol já no amistoso de início da gestão entre Inter x Shaktar, jogo com quase 35 mil pessoas em pleno verão de Porto Alegre. Também aplicado na 1ª fase da Libertadores e alguns jogos do campeonato gaúcho e brasileiro. Preços populares até em grandes jogos, uma marca da gestão. Leia sobre Lote Promocional clicando aqui.

UFC NO GIGANTINHO: Foi o primeiro UFC no Rio Grande do Sul. O Gigantinho recebeu o evento e a Administração auxiliou o evento na montagem, no dia do evento e na desmontagem. Um encontro da modalidade de lutas mais popular atualmente no mundo.

TORCIDA MISTA NO CLÁSSICO GRE-NAL: Unir as duas torcidas lado a lado. Enquanto o clássico Gre-Nal caminhava para torcida única, tivemos a coragem de implantar um projeto que os torcedores estiveram lado a lado em um setor de 2.000 torcedores, mil colorados, mil gremistas. O primeiro clássico foi no Beira-Rio, dia 1 de março, e contagiou todos no estádio para um clima de civilidade sem perder a rivalidade histórica. Uma ação de repercussão mundial que rendeu ao Internacional um short-list em Cannes e Top de Marketing 2015 da ADBV, entrando para a cultura do futebol gaúcho. Leia sobre Torcida Mista clicando aqui.

CAMINHO DO GOL NO CLÁSSICO GRE-NAL: O sucesso da Copa do Mundo em 2014 aplicado ao nosso futebol. Pela primeira vez fizemos o caminho do gol em jogos nacionais e nada melhor que no nosso clássico. E no clima da torcida mista tivemos o caminho do gol com total segurança e compartilhamento entre torcedores dos dois clubes. Leia sobre Caminho do Gol clicando aqui.

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Homenagens as mulheres neste mês tão especial. O estádio na cor lilás e o jogo Inter x Aimoré com entrada gratuita para as mulheres mediante doação revetida para casa de mulheres vítimas de violência. Também neste mês as novas associadas não pagam a mensalidade de março. Leia sobre o Dia Internacional da Mulher clicando aqui.

DIA MUNDIAL DE RIM: Internacional aderiu a campanha do Dia Mundial do Rim, que, neste ano, tem como slogan: Campanha para Rins Saudáveis. O estádio tomou as cores vermelhas e azuis da campanha. Sabendo das possíveis flautas por usar o azul no estádio, mesmo assim a mensagem era mais importante, mas os torcedores entenderam o alcance da mensagem e não houve flautas. Leia sobre o Dia Mundial do Rim clicando aqui.

SÓCIOS ANIVERSARIANTES NO GRAMADO: Uma grande ação acontece em todos os jogos no fim de semana do Internacional. Os aniversariantes entre um jogo e outro são convidados a entrar em campo e receber os parabéns das arquibancadas ao som da Banda do Inter. O projeto começou em abril de 2015 na semifinal do Gaúchão contra o Brasil de Pelotas e segue até hoje. Os sócios realizam seu cadastramento perto do portão 7 e acessam por este portão o campo de jogo. Um momento de emoção e felicidade dos associados colorados. Leia sobre Aniversariantes clicando aqui.

SÓCIO CONVIDA OUTRO TORCEDOR NOS 106 ANOS: O aniversário é nosso e quem ganha presente é o torcedor! Em comemoração aos 106 anos do Colorado, teve promoção para os sócios que foram ao Beira-Rio domingo (05/04), para ver Inter x Passo Fundo, pelo Gauchão. O associado com mensalidade em dia pode convidar um amigo para entrar gratuitamente mediante a doação de um brinquedo ou material escolar. Leia sobre Sócio Convida clicando aqui.

INTERVALO PREMIADO: A interatividade do associado com o Clube é fundamental. Implantamos no intervalo do jogo, integrado com o telão, o sorteio da camisa do melhor em campo e a bola do jogo. Diversos colorados são premiados a cada jogo com a ação que permanece em todos os jogos. Leia sobre Intervalo Premiado clicando aqui.

SHOW DO ROBERTO CARLOS: O rei emociona no primeiro show no novo Beira-Rio em 12 de abril. Palco que já recebeu no passado Paul MacCartney, Luciano Pavarotti, Justin Bibier, Ivete Sangalo, Roger Waters entre outros, agora o novo estádio mostra a força que sempre teve. A Vice-Presidência de Administração foi responsável por diversos serviços no evento e também na montagem e desmontagem. Leia sobre Roberto Carlos clicando aqui.

SHOW DE LUZES: O Beira-Rio é um espetáculo até sem luz. Em 2014 tivemos um problema de energia e faltou luz no estádio e muitos torcedores ligaram seus celulares na época. Aquela cena nos inspirou para criar um momento especial, usando as luzes cênicas das membranas ao som de Seven Nation Army da banda The White Stripes, música com identidade com a torcida do Inter, criando um clima de força e festa nos jogos da Libertadores, sendo a primeira execução contra o Atlético MG em 13 de maio. Leia sobre o Show de Luzes clicando aqui.

JOGO DA ACESSIBILIDADE: Mais de 700 pessoas com deficiência, mais de 25 entidades recebidas em 29 de maio no Inter x São Paulo. O Internacional mostrou sua estrutura para receber no Beira-Rio um estádio para todos, entre eles deficientes físicos, visuais, auditivos, intelectuais, idosos e indivíduos com dificuldades de locomoção. Leia sobre o Jogo da Acessibilidade clicando aqui.

MISSA EM HOMENAGEM A FERNANDÃO: Um ano se passou sem o nosso craque Fernandão entre nós. Entre diversas homenagens uma missa realizada em torno da estátua do craque bem na posição onde o torcedor depositou mensagens de despedida. Mais de 8 mil colorados compareceram a missa na manhã de 7 de junho. Um momento comovente para todos colorados. Leia sobre a Missa de Fernandão clicando aqui.

JOGO HOMENAGEM AO FERNANDÃO: Braçadeira F9, ingresso personalizado, faixas e minuto 9 lembram o eterno capitão. Mais de 40 mil pessoas foram ao Beira-Rio na manhã de domingo, no nosso jogo das 11 horas contra o Coritiba homenagear nosso eterno capitão. Leia sobre o Jogo de Homenagem a Fernandão clicando aqui.

MOSAICO F9 ETERNO CAPITÃO: A frase foi a escolhida pela torcida para homenagear Fernandão no primeiro mosaico feito no Beira-Rio e no Rio Grande do Sul. Quando o Inter entrou em campo para jogar contra o Coritiba, na manhã do domingo 7 de junho, seis mil torcedores ergueram cartolinas brancas e vermelhas, formando o mosaico na arquibancada inferior. O mosaico fez sucesso nacional sendo referenciado em diversos sites e jornais, além de matéria especial no Fantástico da Rede Globo. Leia sobre o Mosaico clicando aqui.

SELEÇÃO BRASILEIRA: O Beira-Rio não recebia a seleção brasileira desde 2009. O novo Beira-Rio já havia recebido a Alemanha, Argentina e Holanda na Copa do Mundo, faltava um dos finalistas, o Brasil. Apesar da chuva forte, a torcida gaúcha deu apoio ao último jogo preparatório do Brasil para a Copa América em 10 de junho. Leia sobre Seleção Brasileira clicando aqui.

PENALTI SOLIDÁRIO E DOAÇÃO DE AGASALHOS: Quem nunca sonhou em bater um pênalti no Beira-Rio? O Internacional promoveu um fim de semana solidário e arrecadação de alimentos. No sábado treino aberto e pênalti solidários reuniram mais de 10 mil torcedores no estádio. No domingo o jogo também com doação de agasalhos. Com taças, djs e colecionadores, o sábado de 27 de junho foi um grande encontro da família colorada e uma das ações mais especiais de 2015. Leia sobre o Fim de Semana Solidário clicando aqui.

JOGO DA TOLERÂNCIA RACIAL: Somos todos iguais. O Internacional levou essa mensagem para todos torcedores no dia 5 de julho com o encontro de raças. Uma aula de nações, culturas, danças e respeito. Com apoio do Observatório da Discriminação Racial no Futebol fizemos essa ação especial no Inter x Atlético MG pelo Campeonato Brasileiro. Leia sobre o Jogo da Tolerância Racial clicando aqui.

MOBILIZAÇÃO LIBERTADORES SEMIFINAL: Na volta do período de parada da Copa América, em 16 de julho, a Libertadores começou suas semifinais e o Internacional tinha um desafio muito complicado contra o Tigres. A torcida fez sua parte com uma grande mobilização e show no estádio Beira-Rio. As barras com as cores do Rio Grande do Sul coloriram as arquibancadas, além de uma forte Ruas de Fogo antes da partida. Leia sobre a Mobilização Libertadores clicando aqui.

DOAÇÃO DE ALIMENTOS PARA GRANDE PORTO ALEGRE: Vítimas das enchentes da grande Porto Alegre tiveram a solidariedade dos Colorados em parceria com o Governo do Estado no jogo Inter x Goiás em 18 de julho. Quem trouxesse a doação tinha desconto especial no ingresso. Foram diversas famílias atendidas com a ação e mais uma vez os colorados se mostraram solidários. Leia sobre a Doação de Alimentos clicando aqui.

BRASIL DE PELOTAS NO BEIRA-RIO: O Internacional foi sensível ao pedido do Brasil de Pelotas e abriu as portas do Beira-Rio em setembro para o jogo Brasil x Tombense pela Série C, assim ajudando o clube gaúcho na busca da vaga para a Série B de 2016. O Beira-Rio recebeu mais de 6 mil torcedores e mobilizou os xavantes do sul do estado e também da Capital. Um gesto reconhecido pela diretoria adversária que fez uma placa em minha homenagem para entregar no gramado. Leia sobre Brasil e Tombense no Beira-Rio clicando aqui.

SETEMBRO AMARELO: O Setembro Amarelo é um evento de caráter mundial, destinado a alertar os países sobre a alta incidência de suicídios. O dia 10 de setembro é o Dia Mundial da Prevenção  do Suicídio e o Inter participou com o estádio Beira-Rio iluminado de amarelo, cor oficial da campanha. Leia sobre o Setembro Amarelo clicando aqui.

JOGO DA SEMANA FARROUPILHA: A Semana Farroupilha não poderia passar batida na casa do patrão gaúcho. Por isso, uma série de ações foram promovidas pelo Internacional para celebrar o orgulho e tradição do Rio Grande do Sul. Além de show de dança no pátio do estádio tivemos um momento especial que foi a delegação chegando para o jogo com a escolta da cavalaria gaudéria do DTG Lenço Colorado. Também bandeiras do Rio Grande do Sul foram distribuidas neste jogo especial realizado em 19 de setembro, Inter x Figueirense. Leia sobre o Jogo da Semana Farroupilha clicando aqui.

QUEEN + ADAM LAMBERT NO GIGANTINHO: Mais um show especial no complexo Beira-Rio e a Administração com atuação na montagem, evento e desmontagem. Com grande público após a apresentação do Rock In Rio em que todos viram a força da nova formação, em setembro o nosso ginásio recebeu um dos maiores grupos de rock de todos os tempos.

BANDEIRÕES NO BEIRA-RIO: A mobilização para a Copa do Brasil no final de setembro foi grande e desta vez com bandeirões do Internacional, Rio Grande do Sul e Brasil abertas nas arquibancadas. O torcedor mais uma vez fez sua parte e conseguimos criar um ambiente mobilizado. Leia sobre Bandeirões clicando aqui.

DIA NACIONAL DA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS: Em homenagem ao Dia Nacional da Doação de Orgãos, o estádio Beira-Rio estará iluminado com a cor oficial da campanha, o verde, no dia 27 de setembro. O Beira-Rio mostra cada vez mais sua força nas ações sociais. Leia sobre o Dia da Doação de Órgãos clicando aqui.

OUTUBRO ROSA: No dia 3 de outubro, no jogo Inter x Sport, marcou o início das atividades do Outubro Rosa. Foram diversas ações no jogo: palestras, apresentações, faixas, doação de echarpes e mais uma vez o Beira-Rio se coloriu para mandar nova mensagem a sociedade. Agora foi de rosa e a prevenção do câncer de mama. Leia sobre o Outubro Rosa clicando aqui.

FAMÍLIAS DESABRIGADAS DO TESOURINHA NO BEIRA-RIO: Inter convida desabrigados pela enchente para assistir ao jogo Inter x Joinvile em 24 de outubro. Após uma semana de ações de doação de alimentos e roupas no estádio, em mais um gesto de solidariedade aos desabrigados por conta das fortes chuvas no Rio Grande do Sul, o Internacional convida as 230 famílias abrigadas no Ginásio Tesourinha para assistirem gratuitamente ao jogo trazendo um momento de alegria para estas famílias neste período de dificuldades. Leia sobre Famílias Desabrigadas clicando aqui.

GIGANTE DE VANTAGENS: Ser sócio do Inter é muito mais do que ser sócio do estádio ou sócio do time ou sócio de um campeonato. Ser sócio do Clube é o mais importante e o Clube é maior que tudo. Mas queremos a contrapartida para o associado com cada vez mais benefícios. O Inter lançou em novembro um grande programa de vantagens aos associados. Alimentação, academias, postos de gasolina, escolas de idiomas, universidades, festas e outros tantos benefícios para os associados. Um programa que todos os sócios já estão incluídos gratuitamente e já podem usufruir desde o primeiro minuto do projeto. Leia sobre o Gigante de Vantagens clicando aqui.

SOLIDARIEDADE A FRANÇA: O atentado em Paris após os ataques terroristas de 13 de novembro geraram uma sequencia de posicionamentos dos principais monumentos do mundo em solidaridade ao povo francês. Os ataques consistiriam de fuzilamentos em massa, atentados suicidas, explosões e uso de reféns. Ao todo, ocorreram três explosões separadas e seis fuzilamentos em massa, incluindo bombardeios perto do Stade de France no subúrbio ao norte de Saint-Denis. Pelo menos 137 pessoas morreram, sendo 89 delas no teatro Bataclan. Cristo Redentor, Empire State, Torre Eiffel, Teatro de Opera e o Beira-Rio, entre outros, tomaram as cores francesas com uma repercussão mundial da ação solidária. Leia sobre Solidariedade a França clicando aqui.

ANFITEATRO BEIRA-RIO INAUGURADO COM LOS HERMANOS: Uma nova maneira de utilizar o Beira-Rio. Atrás do gol com o palco virado para a arquibancada sul temos a partir de 2015 o Anfiteatro Beira-Rio e a estreia foi com o show dos Los Hermanos que levou cerca de 15 mil pessoas ao estádio.

ESTUDANTE COLORADO: O Internacional lançou em dezembro o projeto de ingressos populares: o Estudante Colorado. A partir de 2016, serão oferecidos aos alunos da rede pública de ensino ingressos com preços reduzidos. Em todas as partidas, estarão disponíveis entre mil a cinco mil entradas no valor inicial de R$10. E a contrapartida para o torcedor fazer parte do programa é simplesmente ser aluno da rede pública e ser assíduo nas aulas. Para marcar o lançamento do projeto convidou mil alunos da rede pública da Secretaria Estadual do Rio Grande do Sul para Inter x Cruzeiro, última rodada do campeonato brasileiro. Leia sobre o Estudante Colorado clicando aqui.

MURAL DOS FEITOS RELEVANTES: O Internacional completou 40 anos do nosso primeiro Campeonato Brasileiro. Para comemorar o título de 1975 criamos o Mural dos Feitos Relevantes, inaugurado na tarde de domingo, 6 de dezembro, antes de Inter x Cruzeiro, o mesmo clássico da final de 1975. O protagonista do título da conquista do nosso primeiro título nacional, o Capitão da equipe e autor do Gol Iluminado, que deu a histórica conquista ao Inter, Dom Elias Figueroa deixou uma mensagem na arte feita pelos grafiteiros Lucas Anão e Erick Citron: “Para a melhor torcida do mundo. Com carinho, Figueroa”. O mural usa o conceito de arte de rua e em 2016 receberá outras peças em comemoração a outros feitos. Leia sobre Mural dos Feitos Relevantes clicando aqui.

HIGHLINE NO GIGANTE: No dia 14 de dezembro de 1975 o capitão Dom Elias Figueroa subiu mais alto que a defesa cruzeirense e marcou o gol que deu ao Inter o inédito título brasileiro. Passados quase 40 anos, alpinistas que ajudaram na colocação da cobertura do novo Beira-Rio homenagearam os campeões nacionais com uma apresentação de highline. Do alto da goleira em que saiu o Gol Iluminado, Michael Noal, vestindo uma camisa retrô de 1975 e auxiliado por Odilei Medeiro, atravessou de ponta a ponta o estádio equilibrando-se em uma fita. Ao fim do percurso, Noal levantou a torcida ao erguer a bandeira do Internacional. Leia sobre Highline no Gigante clicando aqui.

JOGO DAS ESTRELAS: O Jogo das Estrelas deu aos sócios a oportunidade de realizar o sonho de jogar no gramado do Beira-Rio. A ação totalizou 2 mil inscrições. Dos inscritos, foram sorteados 264 sócios divididos em 15 confrontos. Os jogos tiveram a duração de 20 minutos cada. Os colorados honraram a camisa e não deixaram de demonstrar a emoção de poder participar desse momento único. Além dos confrontos masculinos adultos, foram realizadas uma partida infantil de até 16 anos, uma feminina a partir de 14 anos e uma para veteranos de até 91 anos. Mais do que o jogo no gramado sagrado do Beira-Rio toda a estrutura foi colocada a disposição: vestiário, telão, música, entrada em campo perfilados. Um dia inesquecível. Leia sobre Jogo das Estrelas clicando aqui.


NATAL COLORADO: Na noite desta quinta-feira (17/12) o Internacional reuniu a família colorada para celebrar a proximidade do Natal e os 9 anos da conquista do Mundial de Clubes FIFA. Com uma série de atrações, o Clube levou cerca de 1,5 mil torcedores ao Complexo Beira-Rio para ver o Papai Noel e companhia. A principal novidade da festa foi a inauguração da maior árvore de Natal do Rio Grande do Sul, que foi montada no masto da bandeira do Inter, que possui mais de 50 metros de altura. Além disso, o Papai Noel chegou com o ônibus Campeão de Tudo distribuindo balas para as crianças, acompanhado por ajuntes. Os pequenos coloradinhos ficaram encantados com a presença do Bom Velhinho e aproveitaram para fazer seus últimos pedidos de Natal. Leia sobre Natal Colorado clicando aqui.

LANCE DE CRAQUE 2ª EDIÇÃO: O último domingo de 2015 foi marcado por um grande evento solidário no Beira-Rio. A segunda edição do Lance de Craque, idealizado por D'Alessandro, reuniu diversos estrelas do futebol mundial em uma partida beneficente entre as equipes Esperança e Solidariedade. A renda do encontro será destinada para as seguintes instituições: Instituto Amigos de Lucas, Centro de Reabilitação de Porto Alegre, Pequena Casa da Criança, Centro de Promoção da Infância e da Juventude e Casa da Juventude, de Canoas. O Hospital da Criança Santo Antônio, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Campos do Cristal e um hospital veterinário indicado pela Secretaria Especial dos Direitos dos Animais também serão agraciados. Leia sobre Lance de Craque clicando aqui.

Após listar estas ações nada melhor que compartilhar com todos os dirigentes, de todas vice-presidências, e funcionários a realização de cada evento. Sem eles seria impossível a realização. Tenho muito orgulho de cada um destes eventos e da minha contribuição direta ou indiretamente neles. Um agradecimento especial aos diretores da Administração e aos funcionários do Comitê de Jogo. Em 2016 teremos outros tantos momentos inesquecíveis no Beira-Rio.

domingo, 25 de janeiro de 2015

ATÉ LOGO AMIGO LUIZ FERNANDO

Descanse em paz meu grande amigo Luiz Fernando Costa. A família colorada está em luto. O teu conhecimento de futebol seria fundamental para nós, mas teu sentimento de união seria mais ainda importante.

Obrigado pela parceria. Hoje a tarde estive contigo no Beira-Rio, tu quis entrar no campo, conversamos muito. Só tenho recordações boas de ti. Tentarei aplicar teus ensinamentos nesta jornada na Vice-Presidência de Administração, nesta gestão que é nossa e que vamos fazer muito pelo nosso amado clube.

Grande Colorado... Grande Amigo. Meus sentimentos aos familiares. Sentirei saudades.

domingo, 15 de junho de 2014

BEIRA-RIO NA COPA: FRANÇA X HONDURAS

Com grande felicidade estive no Beira-Rio para França x Honduras. É uma Copa do Mundo especial, visto que toda uma geração de torcedores sul-americanos não puderam desfrutar deste grande evento na América do Sul, visto que o último foi em 1978, há 36 anos atrás.

ANTES DO JOGO
A chegada foi tranquila e segura. Vim a pé desde o Shopping Praia de Belas, onde almocei e ponto de encontro com amigos. A Av. Borges de Medeiros fechada em um sentido foi um exemplo de organização para grandes eventos. Todos caminhando tranquilamente, rumo ao estádio.

No viaduto próximo da Av. José de Alencar a primeira triagem. Parabéns pela organização e sentimento de segurança aos torcedores.

Chegando ao estádio encontramos um ambiente isolado para quem passasse por revista. Criando novamente um ambiente mais seguro. Claro que a FIFA aproveita e cria um ambiente de consumo, com lojas de todos os tipos.

A entrada do estádio tranquila, muitos orientadores e todos respeitando o lugar marcado. Algo difícil em jogos dos nosso clubes.

DURANTE O JOGO
A maior gafe foi o sistema de som. Estava funcionando minutos antes do jogo, tanto que agitou a torcida com a música oficial da Copa do Mundo, porém na entrada das seleções e na execução dos hinos ficou evidenciado o problema. Uma gafe percebida por todos, infelizmente.

Os Colorados tomaram o estádio, estávamos em maioria. Inúmeras vezes ouvimos cantos colorados como "Ooooo Vamo Vamo Inter" ou "Uh Fernandão, uh Fernandão". Porém muitos gremistas presentes, convivência que deveria ser exemplo. Por que podemos conviver em um França x Honduras e não podemos em um Gre-Nal? Temos que afastar os vândalos e trazer a convivência entre torcedores da dupla Gre-Nal para os estádios.

Também destaco outros pontos positivos, como, orientadores educados e preocupados com o respeito ao lugar marcado e serviço de bar. A comunicação do celular funcionou todo o tempo. Destaco como pontos negativos a sujeira dos banheiros, alguns alagados, e também a falta de troco.

APÓS O JOGO
Saída tranquila, organizada e rápida. Caminhada longa, pois carros não eram permitidos na proximidade do estádio. Ambiente com enorme segurança, porém vale analisar que são jogos especiais, impossível criar esse ambiente de forma rotineira em jogos de campeonato.

Em resumo estou muito satisfeito, dou nota 9 para todo o evento e, se não fosse os hinos, daria nota 10. Realmente o Internacional cumpriu seu compromisso e proporcionou a cidade e a população um estádio de primeiro mundo e pronto para a Copa do Mundo.


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O NOVO BEIRA-RIO TEM QUE SER O DIFERENCIAL

A esperança de um ano de 2014 melhor que 2013 passa pelo Estádio Beira-Rio. Moderno, confortável, bonito... IMPONENTE.


Esperamos que o time seja inspirado pelo estádio e que tenha um rendimento mais digno em relação ao ano passado. Tínhamos em 2013 no papel um ótimo time, só que ficou na rabeira do Campeonato Brasileiro, mesmo com altíssima folha de pagamento e jogadores no nível de D'Alessandro, Forlán, Leandro Damião, Scocco, Alex, Juan, Kleber, entre outros.

Dunga também no papel parecia ser bom, treinador de seleção brasileira em Copa do Mundo. Paulo Paixão como preparador físico é quase uma unanimidade, mas... nada andou. Claro que fatores extracampo foram fundamentais, a falta de comando da diretoria no vestiário ficou evidente para todos.

Agora estamos em 2014. Diferente dos outros anos, estou sem um pensamento muito positivo. Olho o time atual e me dá pouca esperança, ainda mais que o centroavante titular, Rafael Moura, não demonstra merecer a confiança do torcedor.

Acredito demais em Abel Braga, esse sabe a cultura do clube, o pensamento do torcedor e tem identidade com o Internacional. Também vejo uma boa geração de garotos que podem ser aproveitados, diferente do ano passado que passamos quase nove meses sem utilizar a juventude e com um time velho.

Aliás, só peço um cuidado para o Abel. A nossa linha de frente que tu iniciou este ano tem média superior a 30 anos. Cuidado para não repetir os erros de 2013.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O ANO DO TETRACAMPEONATO BRASILEIRO?

Não era apenas a minha opinião, mas da grande maioria dos Colorados que tínhamos um bom time mas nosso grupo era deficiente. O pedido de contratações eram grandes e estas cresceram após as vendas de Fred e Rodrigo Moledo.

A angústia do torcedor colorado durou até o último dia da janela de transferência. O Internacional anunciou o retorno do meia Alex e a contratação do avante argentino Scocco. Era o que faltava para o time qualificado virar um grupo qualificado.

Com a qualificação do grupo temos agora alternativas de bom nível para a sequencia de jogos do Campeonato Brasileiro. Importante para um time base que tem média de quase 30 anos e passará por diversos jogos domingo-quarta-domingo.

Alex tem uma importância extra, ele pode substituir D'Alessandro em uma eventual lesão ou suspensão. Antes no grupo estávamos totalmente dependentes do gringo. Scocco será o substituto de Leandro Damião caso este seja vendido, porém é bom destacar que não tem a característica de um centro-avante de área. Para efeito de comparação, Scocco joga em uma posição semelhante ao Rafael Sobis em 2006, ou seja, um avante definidor, mas não tão fixo na área.

Agora temos um time para vencer partidas e um grupo para vencer o campeonato.


domingo, 14 de abril de 2013

TIME GANHA JOGO, GRUPO GANHA TÍTULO

Estou motivado com Dunga no comando do vestiário do Internacional. Ele tem provado dia após dia o que esperavamos dele. Um treinador com controle do vestiário, com time organizado em campo e jogadores motivados. Paulo Paixão tem também sua parcela de responsabilidade, pois além de excelente preparador físico, também é um grande lider.

Porém, e sempre tem um porém, o Internacional precisa muito mais do que um treinador para conquistar títulos. Precisa de um grupo qualificado e aí que aparecem algumas deficiências que podem custar caro ao clube.

O Inter tem um bom time base: Muriel, Gabriel, Rodrigo Modelo, Juan e Fabrício; Igor, Willians, Dátolo e D'Alessandro; Diego Forlán e Leandro Damião. Mesmo no time base temos ainda alguns ajustes a fazer, pois temos dificuldades na saída de bola, algo que pode melhorar se Kleber voltar ao time e ser o jogador comprometido de 2009 e 2010. Igor e Willians são bons, mas os dois estão mais para primeiros volantes. Fred recuado como segundo volante não teve bom desempenho e sofreu muito com lesões. Dátolo não consegue cumprir a função desejada e Diego Forlán ainda precisa mostrar que recuperou o grande futebol.

Nos reservas temos jovens goleiros como Alisson e Agenor como opção. Estamos sem reserva afirmado na lateral direita. Na zaga Índio e Jackson seguem machucados, Alan, Romário e Ronaldo Alves são opções. Kleber é reforço em nível de titularidade quando voltar de lesão. Airton é opção de volante e Josimar que em outros anos fracassou, mostrou bom futebol neste início de ano e talvez seja o único segundo volante do grupo. D'Alessandro não tem reserva. Otávio e Caio mostram bom futebol, diferente de Vitor Jr, Rafael Moura e Gilberto que deveriam ser dispensados.

Com uma análise rápida do grupo dá para ver as deficiências grandes na posição de segundo volante e também de meia armador. E entre os reservas a falta de alternativas para D'Alessandro e Leandro Damião.

Este ano, por causa da Copa das Confederações, e o próximo ano por causa da Copa do Mundo, teremos parada do Campeonato Brasileiro e assim forçando que tenhamos mais jogos quarta-domingo-quarta-domingo para adequar o calendário. Quem quiser o título de Campeão Brasileiro terá que ter bom grupo. O Inter não tem, precisamos de reforço para comemorar o título em dezembro.