Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

terça-feira, 29 de junho de 2010

NOS PÊNALTIS DEU PARAGUAI

Marcelo Barreto do Sportv fez uma boa definição das seleções de Paraguai e Japão: "As duas já chegaram no teto". É isso mesmo, tava no máximo que as duas seleções poderiam esperar e, beneficiadas pelos cruzamentos, uma delas seria premiada para as quartas de final.

Foi uma partida truncada, de muita marcação, e com raras chances de gol. Em suma, o último dia das oitavas de final começou da Copa com um jogo chato. Não podia ser diferente, 0x0. Emoção, só nos minutos iniciais do tempo extra. No restante, tensão, e novo empate.

Nos pênaltis, Komano desperdiçou a única cobrança japonesa. Sobrou para o atacante Cardozo, que quase foi cortado por lesão, marcar o gol que deu a inédita classificação dos paraguaios para as quartas de final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário