Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

COPA DO MUNDO - DIA 14

Dinamarca 1x3 Japão

Mais uma vez, os nipônicos, a quem um empate bastava para avançar, mostraram um forte sistema defensivo e um contra-ataque mortal. De quebra, avisaram ao mundo que, agora, também sabem cobrar faltas. Foram dois gols em tiros livres. Já a Dinamarca é mais uma seleção europeia eliminada e volta para casa com o gosto amargo de, pela primeira vez em sua história, não ter passado da primeira fase. Honda foi o destaque da partida.

Camarões 1x2 Holanda

Classificada com antecedência, graças às vitórias nas duas primeiras rodadas, a Holanda pôde ter um privilégio nesta quinta-feira: disputar uma espécie de “amistoso” contra Camarões, seleção eliminada precocemente da Copa do Mundo. E, em ritmo de treino, os holandeses venceram os camaroneses por 2 a 1, terminaram em primeiro lugar no grupo E. Outro fator positivo foi a estréia de Robben, grande jogador holandês que dará mais força ao time nas próximas fase. Eto'o, estrela única de Camarões, despediu-se do mundial com mais um gol.

Eslováquia 3x2 Itália

O jogo foi emocionante, mas o futebol foi pobre, sem brilho, sem inspiração. As chances de gol, escassas. E os eslovácos favorecidos em erros básicos dos italianos. Sempre atrás no placar, os italianos apostaram na vontade para tentar o empate que daria a sonhada vaga às oitavas. Ou seja, o roteiro de sofrimento, praticamente uma tradição nas conquistas da "Squadra Azzurra", estava pronto mais uma vez. Mas, agora, a história não se repetiu. A derrota por 3 a 2 selou a eliminação, até certo ponto, já anunciada, principalmente pelo fraco futebol apresentado pela seleção tetracampeã na África do Sul.

Paraguai 0x0 Nova Zelândia

Para avançar em 1º no grupo, o time guarani fez o suficiente para segurar um chato 0 a 0 com a Nova Zelândia. Já a equipe da Oceania arruma as malas, mas volta para casa com o 'prêmio' de não ter perdido um jogo sequer na Copa e ainda ficar à frente da Itália.

Destaques do Dia:
Honda (Japão), Vittek (Eslováquia), Quagliarella (Itália)

Nenhum comentário:

Postar um comentário