Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

COPA DO MUNDO - DIA 4

Holanda 2x0 Dinamarca

Bom jogo, os dois favoritos para passar no Grupo E. A Dinamarca mostrou qualidade principalmente com Brendtner que não aguentou todo o jogo, pois vinha de lesão que quase retirou ele da estréia. A Holanda não encantou, mas mostrou que tem potencial. Sem Robben, seu grande jogador, mostrou qualidade com Van Bommel, Sneijder, Van Persie e Van der Vaart.

O primeiro gol caiu do céu, gol contra de Poulsen contra. Não entendo porque ficou rindo após fazer a lambança. Depois a Holanda começou a administrar o resultado, algo que não é muito a especialidade deles, mas deu certo. Mesmo assim, Kuyt fez mais um em rápido contra-ataque.

Com um público de mais de 80 mil pessoas no Soccer City, vimos a estréia de mais uma favorita ao título.

Japão 1x0 Camarões

Talvez a primeira injustiça da Copa do Mundo. Camarões atacou mais, chutou a gol, mandou bola na trave, outra passou raspando e nada de gol. Japão teve oportunidade com Honda perto do final do primeiro tempo, com calma o japonês dominou e marcou o único gol da partida.

Itália 1x1 Paraguai

Típica estréia italiana. Jogo feio e no final conseguem um empate heróico. Não pense que pelo futebol ruim a Itália pode ser descartada. É favorita sim. Paraguai mostrou que é a segunda força do grupo, apesar dos problemas no ataque que se repetem a cada Copa do Mundo.

Destaques do Dia:
Ninguém

Nenhum comentário:

Postar um comentário