Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

sábado, 26 de junho de 2010

UM GOL PARA A HISTÓRIA DO FUTEBOL

Mais do que um gol que classificou um país para a segunda fase da Copa do Mundo, o gol de Landon Donavan pode ser um marco no futebol dos Estados Unidos.

Primeiro porque o grupo atual dos Estados Unidos e seu técnico Bob Bradley são extremamente simpáticos e apaixonados pelo esporte, cada entrevistas deles mostram o orgulho de ser um esportista e estar representando o seu país na Copa do Mundo. Também falam que estão tornando o futebol popular nos Estados Unidos e da responsabilidade deles com o esporte.

Mas é mais que isso, eles jogam bem, com um posicionamento tático moderno, com estratégia e sem medo de atacar, porém com responsabilidade defensiva. Ser ser aquele marasmo europeu que fica todo tempo na defesa, sem ser a irresponsabilidade africana que não mantém posicionamento. Uma seleção que aproveita a miscigenação do seu povo.

E o futebol está se popularizando mesmo, revoltados com os erros de arbitragem, no twitter o termo “Another disallowed goal” (outro gol anulado) alcançar o topo dos Trending Topic mundial (lista de termos mais postados no Twitter) ainda durante a partida. Após o gol de Landon Donovan, contudo, as críticas dos norte-americanos deram lugar à comemoração, causando a pane do Twitter, que ficou fora do ar logo após os EUA abrirem o placar. O colapso da internet não ficou restrito ao microblog, sites como o Yahoo Sports também saíram do ar e as partidas simultâneas de EUA e Inglaterra registraram o segundo maior recorde de acessos na história da rede.

A estreia da seleção na Copa do Mundo, contra a Inglaterra teve mais audiência na televisão americana que quatro das cinco partidas finais da NBA, entre Los Angeles Lakers e Boston Celtics. Os EUA, cujos habitantes foram os que mais adquiriram pacotes turísticos para a África do Sul, comemoram os números divulgados pela Sport Media Watch. Segundo a entidade, 17 milhões de pessoas viram o empate por 1 a 1 do país contra os ingleses.

O gol de Landon Donavan talvez faça uma das maiores potencias esportivas mudar seu rumo em investimento no futebol. Talvez uma nova potência esteja se formando, não só dentro de campo, mas de marketing esportivo. Esse gol pode mudar a história do futebol.


Nenhum comentário:

Postar um comentário