Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

BRASILEIRÃO APÓS COPA DO MUNDO

Curioso ver o crescimento de alguns clubes após a Copa do Mundo e também outros que viraram o fio. Lógico que a explicação passa por dois aspectos: Preparação física na intertemporada e mercado dos jogadores no período da janela.

O Internacional é o melhor dos Clubes no período pós-Copa. Tanto em pontos ganhos (mesmo tendo um jogo a menos), como em aproveitamento. E o que mais chama atenção do Internacional foi que jogou 4 partidas neste período pós-Copa com o time reserva por causa das semifinais e finais da Libertadores da América, competição que saiu campeão.

O Internacional aproveitou muito bem a parada para a Copa do Mundo. Trocou de técnico, deu um período de mais de 10 dias de descanso para os jogadores, fez preparação física e técnica com o grupo, concentrou-se para as competições. Teve baixas com as vendas de Sandro, Taison, Walter e Fabiano Eller. Porém contratou Rafael Sobis, Tinga, Renan, Ilan, Oscar, Dalton e Leonardo.

Classificação por Pontos Ganhos pós-Copa

Os melhores
1 Internacional 24 (11 jogos)
2 Fluminense... 23 (12 jogos)

3 Botafogo..... 22 (12 jogos)

4 Cruzeiro..... 22 (12 jogos)

5 Vasco........ 21 (11 jogos)

6 Corinthians.. 20 (11 jogos)
7 Atlético-PR.. 20 (12 jogos)

8 Santos ...... 19 (11 jogos)

Os piores
13 Guarani..... 14 (12 jogos)
14 Atlético-GO. 13 (12 jogos)

15 Flamengo.... 13 (12 jogos)

16 Grêmio-RS... 12 (12 jogos)

17 Atlético-MG. 11 (12 jogos)

18 Grêmio-SP... 11 (12 jogos)

19 Ceará....... 08 (12 jogos)

20 Goiás....... 03 (12 jogos)


Classificação por Aproveitamento pós-Copa

Os melhores
1 Internacional 72,7%
2 Fluminense... 63,9%

3 Vasco........ 63,6%
4 Botafogo..... 61,1%

5 Cruzeiro..... 61,1%

6 Corinthians.. 60,6%

7 Santos....... 57,6%

8 Atlético-PR.. 55,6%


Os piores
13 Guarani..... 38,9%
14 Atlético-GO. 36,1%

15 Flamengo.... 36,1%

16 Grêmio-RS... 33,3%

17 Atlético-MG. 30,6%

18 Grêmio-SP... 30,6%

19 Ceará....... 22,2%

20 Goiás....... 08,3%


O melhor ataque pós-Copa é do Fluminense com 21 gols, seguido pelo Corinthians com 19 gols. Já quem menos balançou as redes após a parada foi o Flamengo com apenas 5 gols, coincidência ou não, perdeu Vagner Love e Adriano para o segundo semestre após eliminação na Libertadores para o Universidad do Chile.

As melhores defesas neste período são de Internacional e Vasco da Gama que sofreram apenas 6 gols cada. Chama atenção o Vasco que agora é treinado por PC Gusmão, mesmo treinador do Ceará na fase antes da Copa do Mundo, quando Ceará tinha a melhor defesa.

O Vasco da Gama é o único invicto neste período pós-Copa do Mundo, foram 5 vitórias e 6 empates.

Os clubes se reforçaram, se nosso futebol perdeu Robinho, Sandro e Adriano, recebeu Deco, Montillo, Rafael Sobis, Deivid e Valdívia, entre tantas contratações. E estamos recém na metade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário