Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

domingo, 9 de janeiro de 2011

EM MARÇO: UNIFICAÇÃO DOS GRUPOS

O grupo principal se apresenta em 20 de janeiro, após merecidas férias de um ano vencedor como 2010. Serão pelo menos 10 dias de preparação física e treinamentos. Não jogará em janeiro.

A estréia na Libertadores da América será 16 de fevereiro no Equador, contra o Emelec, adversário que enfrentamos em 2007 e 2010 na Libertadores. Acredito que os titulares farão apenas um jogo antes, no dia 6 de fevereiro contra o Veranópolis na Serra. Talvez nenhum, só jogo-treino.

O Inter B jogará todos jogos do Gauchão em janeiro, e também as finais do primeiro turno em fevereiro. Ganhará reforços em fevereiro de Oscar, Romário, Juan que estão na seleção brasileira.

Porém é realidade que muitos jogadores do Inter B serão aproveitados no grupo principal, com Celso Roth, e ele vai querer estes jogaodres no treinamento do dia a dia.

Prevejo que em março teremos a unificação do grupo principal com o Inter B. Não tem como manter. Vários jogadores do grupo B serão aproveitados no principal, perderá o sentido estarem no treinamento com Enderson e não com Roth.

Lógico que devemos ver o desempenho dos jogadores no Gauchão, mas hoje aponto os seguintes jogadores com potenciais para aproveitamento em março no grupo principal com essa unificação.

Goleiros: Muriel, Agenor
Laterais: Daniel, Massari, Leonardo
Zagueiros: Ronaldo Alves, Ronaldo Conceição, Dalton, Romário
Volantes: Elton, Juliano, Augusto
Meias: João Paulo, Oscar
Atacantes: Marquinhos, Ricardo Goulart, Guto

A partir de março o Internacional, em jogos do Gauchão que se aproximasse das datas dos jogos da Libertadores da América, utilizaria um time reserva, que acabaria sendo a base do Inter B, porém dando ritmo para reservas do principal.

Acredito muito na base atual do Internacional. Tem muito jogador de ótimo nível que precisa de espaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário