Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

terça-feira, 26 de julho de 2011

AUDI CUP 2011 - INTERNACIONAL 2x2 BARCELONA

Parabéns para o Internacional. Representou bem a sua grandeza em um jogo difícil, ainda mais que estavamos com diversos desfalques e em momento de mudança do departamento de futebol.

Nei e Leandro Damião, autores dos gols do Inter
Repetimos alguns erros conhecidos, principalmente ao não ter um time equilibrado no primeiro tempo. Mais uma vez colocamos uma formação com três volantes. Recuados, deixamos o Barcelona com a posse de bola em 69% do primeiro tempo. Não conseguimos jogar. Com apenas um atacante, Leandro Damião estava isolado e consequentemente sobrava defensores do Barcelona para forçar marcação em D'Alessandro que foi muito apagado no primeiro tempo. Saímos perdendo de 1x0 e fomos envolvidos no toque de bola.

No segundo tempo, bastou colocar um outro avante no lugar de um volante, mesmo sendo Ricardo Goulart de má atuação, que a equipe já ficou melhor distribuida em campo e o jogo equilibrou. O Barcelona teve que mudar o posicionamento de seus defensores e a atuação de D'Alessandro cresceu muito. Jogamos de igual para igual no segundo tempo, chegamos ao empate em ótimo passe de D'Alessandro para Damião em que Nei conclui o rebote. Logo depois, Barcelona após erro da defesa volta a estar na frente do marcador. Osmar Loss promove a entrada de diversos jogadores, entre eles os garotos João Paulo, Lucas Roggia e Zé Mario. Faltando 5 minutos para o fim, escanteio batido por João Paulo e o atacante Leandro Damião sobe mais alto para empatar o jogo. A decisão foi para os penâltis.

Perdemos nos pênaltis, com duas bolas para fora. Damião e Zé Mário erraram as cobranças. Kleber e João Paulo acertaram. Acredito que Bolivar, Wilson Mathias e Glaydson deveria ter batido antes dos garotos que faziam ali a estreia no futebol profissional. Bolivar principalmente por ser o capitão. Zé Mário, por exemplo, nunca tinha ficado sequer no banco de reservas do grupo principal.

ATUAÇÕES
ÓTIMO: Muriel,
BOM: Nei, Andrezinho, Leandro Damião
MÉDIO: Elton, Bolatti, Tinga, D'Alessandro,
RUIM: Bolivar, Rodrigo Moledo, Kleber, Ricardo Goulart
PÉSSIMO: -
SEM AVALIAÇÃO: Wilson Mathias, Glaydson, Zé Mario, João Paulo, Lucas Roggia

Quarta-feira, dia 27 de julho, as 13h15 tem a decisão do terceiro lugar. Osmar Loss já anunciou que dará mais tempo aos garotos. Vamos ver o que nos espera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário