Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

INTERNACIONAL BICAMPEÃO DA RECOPA

Em uma quarta-feira de muita festa no Beira-Rio, o Internacional conquistou pela segunda vez a Recopa Sul-Americana.

O destaque mais uma vez foi Leandro Damião, que fez os dois primeiros gols do Inter, ainda no primeiro tempo. O primeiro gol lembrando Ronaldo na Copa de 2002, batendo de bico no contra-pé do goleiro. E o segundo gol foi fantástico, ganhou no corpo e disparou um petardo de canhota.

Um segundo tempo difícil, que teve o bom time do Independiente forçando o jogo, fazendo um gol e equilibrando o confronto. Mas o Inter não queria a prorrogação, Jô recebeu livre e sofreu pênalti. Kleber cobrou, fez 3x1 e garantiu o título.

Parabéns Sport Club Internacional!

Internacional, Bicampeão da Recopa Sul-Americana

INTERNACIONAL 3x1 INDEPENDIENTE
Data: 24/08/2011 as 21h50
Local: Beira-Rio, Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Arbitragem: Jorge Larrionda, auxiliado por Pablo Fandiño e Maurico Espinosa (trio uruguaio).
Público: 39.069 (34.292 pagantes). Renda: R$ 1.254.240,00.
Gols: Leandro Damião (2, Int), aos 20min do primeiro tempo e aos 25min do primeiro tempo, Max Velazquez (Ind), aos 3min do segundo tempo, Kléber (Int), aos 38min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Max Velazquez, Tuzzio, Ferreyra e Fredes (Ind).

Internacional (3): Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Elton, Guiñazu, Oscar e D´Alessandro (Andrezinho); Dellatorre (Jô) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.
Independiente (1): Navarro; Tuzzio, Julian Velazquez, Milito e Maxi Velazquez, Pellerano, Fredes (Defederico), Ivan Perez (Vélez) e Ferreyra (Nuñez); Marco Pérez e Parra. Técnico: Antonio Mohamed.

Nenhum comentário:

Postar um comentário