Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

UM BRASIL SEM CENTROAVANTE

Com Hulk e sem centroavante
Careca, Romário e Ronaldo foram craques absolutos com a camisa 9 da Seleção Brasileira, porém a realidade é que não apareceu um novo dono da camisa 9 do Brasil desde aposentadoria de Ronaldo.

Na Copa do Mundo passada, Adriano e Luís Fabiano surgiram como sucessores. Entretanto, Adriano fracassou em sua vida descontrolada. Já Luís Fabiano teve bom aproveitamento, porém não no mesmo nível dos demais e após a Copa do Mundo de 2010 pouco atuou na seleção por sequência de lesões na carreira.

Hoje Mano Menezes conta com bom número de opções para a camisa 9 da seleção, o goleador colorado Leandro Damião, Luís Fabiano em ótima fase no São Paulo, o comandante tricolor Fred e Alexandre Pato, sempre uma esperança que desabroche seu enorme talento. São boas opções, porém nenhum toma a camisa 9 do Brasil para si.

Nestes testes realizados, quem mais aproveitou a chance com boas atuações foi Hulk, um atacante forte que joga pelo lado direito. Neymar, absoluto, também consolida-se como grande atacante brasileiro e principal estrela da seleção. Leandro Damião foi bem, mas nada que o torna-se titular absoluto.

Desta forma, Mano Menezes, testa com sucesso uma formação que talvez seja a solução para seus problemas. Com Oscar jogando fantástico futebol e a excelente volta de Kaká ao meiocampo brasileiro, cresce a chance de uma estrutura de ataque com Oscar, Kaká, Hulk e Neymar. Sem ter um centroavante de posição em campo, sendo o lugar de centroavante ocupado no deslocamento deste rápido ataque.

A Seleção Brasileira está longe ainda de consolidada em seu esquema tático. Não existe no futebol brasileiro um primeiro volante de alto nível. Nossos laterais são ótimos, porém com uma característica ofensiva muito forte, o que obriga a proteção por parte dos volantes, algo que tem sido difícil de ajustar.

Mano Menezes chega na reta final da preparação para a Copa do Mundo, o grupo começa a se reduzir, abaixo 42 nomes que mantém a chance de jogar a Copa do Mundo do Brasil:
GOLEIROS: Diego Alves, Diego Cavalieri, Cássio, Jefferson, Victor
LATERAIS: Daniel Alves, Marcelo, Adriano, Danilo, Maicon, Alex Sandro
ZAGUEIROS: David Luiz, Thiago Silva, Dedé, Alex, Leandro Castán, Lucio, Luizão
VOLANTES: Paulinho, Ramires, Sandro, Lucas Leiva, Elias, Ralf, Fernando, Romulo, Wesley
MEIAS: Oscar, Kaká, Lucas, Hernanes, Ganso, Giuliano, Bernard
ATACANTES: Neymar, Hulk, Leandro Damião, Alexandre Pato, Luís Fabiano, Fred, Robinho, Jonas

domingo, 8 de julho de 2012

DIEGO FORLÁN, UM CRAQUE MUNDIAL

O Internacional contratou muito mais que um grande jogador, fez a maior contratação do futebol sul-americano do ano e uma das maiores de todos os tempos em nosso continente.

Diego Forlán é um craque de reconhecimento mundial, atuou na América do Sul no Independiente da Argentina, depois na Inglaterra no gigante Manchester United, onde conquistou duas Chuteiras de Ouro UEFA, além de diversos títulos com a equipe e individual. Na Espanha jogou no Villareal e Atlético de Madrid, sendo ídolo em ambas equipes. Rumou para a Internazionale da Itália, onde não teve grande sucesso. Em 2012 rescindiu e agora está no nosso Internacional.

É também o jogador com mais partidas disputadas na história da Seleção Uruguaia de Futebol, e ainda detem o recorde de maior goleador da seleção celeste. Foi ainda eleito o Bola de Ouro na Copa do Mundo 2010, como melhor jogador do torneio. Forlán obteve 23,4% dos votos, contra 21,8% de Sneijder e 16,9% de Villa. É o quarto jogador sul americano a ganhar a Bola de Ouro numa Copa do Mundo. Os outros foram Diego Maradona (1986), Romário (1994) e Ronaldo (1998).

Jogou ainda a Copa América de 2004, 2007 e 2011, na qual foi campeão. Em 2011, Forlán na final da Copa América marcou dois gols e se tornou o maior artileiro da Celeste. Ao final da partida, o Uruguai tornou-se campeão do torneio, vencendo por 3x0 o Paraguai.

sábado, 17 de março de 2012

LEANDRO DAMIÃO - 100 JOGOS E MUITOS GOLS

Leandro Damião completou hoje, dia 17 de março de 2012, 100 jogos com a camisa do Internacional. Desde sua estréia em 17 de janeiro de 2010, pelo Inter B no Campeonato Gaúcho até hoje, contra o Juventude, vimos diariamente a grande evolução deste atacante.

Na história do Internacional figura entre os maiores artilheiros em médias de gols e ultrapassa o craque Tesourinha:
1º Bodinho: 247 gols em 255 jogos = média de 0.96
2º Carlitos: 315 gols em 381 jogos = média de 0,82
3º Villalba: 146 gols em 194 jogos = média de 0,75
4º Larry: 177 gols em 268 jogos = média de 0,66
5º Leandro Damião: 62 gols em 100 jogos = média de 0,62
6º Tesourinha: 172 gols em 278 jogos = média de 0,61
7º Christian: 96 gols em 174 jogos = média de 0,55
8º Claudiomiro: 207 gols em 423 jogos = média de 0,48
Fonte: Blog Dupla Explosiva - http://wp.clicrbs.com.br/duplaexplosiva/2011/09/11/leandro-damiao-supera-tesourinha/

Da várzea em São Paulo à Seleção Brasileira. Leandro Damião em curto espaço de tempo conquistou destaque por ser um legítimo matador. Serão 100 jogos com a camisa do Inter e 62 gols marcados. O mais importante, sem dúvidas, o gol na final da Libertadores da América em 2010.

Nome certo para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e alvo de grandes clubes europeus, a janela do meio do ano trará grandes propostas para o Internacional, o que será muito difícil manter o atacante.

Confira os 62 gols de Leandro Damião nestes 100 jogos pelo Internacional:
17/01/2010 - Inter 4x2 Ypiranga, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 2 gols
20/01/2010 - Porto Alegre 0x1 Inter, Campeonato Gaúcho, Complexo da Ulbra - 1 gol
03/02/2010 - Novo Hamburgo 1x3 Inter, Campeonato Gaúcho, Estádio do Vale - 1 gol
18/08/2010 - Inter 3x2 Chivas, Libertadores da América, Beira-Rio - 1 gol
22/08/2010 - Inter 1x1 Atlético GO, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
28/08/2010 - Inter 1x0 Botafogo, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
05/09/2010 - Inter 2x0 Gremio Prudente, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
16/09/2010 - São Paulo 1x3 Inter, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
30/10/2010 - Inter 1x1 Santos, Campeonto Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
06/11/2010 - Atlético GO 2x2 Inter, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
14/11/2010 - Inter 2x3 Avaí, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
03/02/2011 - Inter 3x1 Juventude, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
06/02/2011 - Veranópolis 2x1 Inter, Campeonato Gaúcho, Antonio David Fariana - 1 gol
13/02/2011 - Inter 3x2 Pelotas, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 3 gols
23/02/2011 - Inter 4x0 Jaguares, Libertadores da América, Beira-Rio - 1 gol
10/03/2011 - Inter 4x0 Ypiranga, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 3 gols
13/03/2011 - Caxias 3x3 Inter, Campeonato Gaúcho, Centenário de Caxias - 3 gols
16/03/2011 - Jorge Wilstermann 1x4 Inter, Libertadores da América, Félix Capriles - 1 gol
02/04/2011 - Lajeadense 1x1 Inter, Campeonato Gaúcho, Florestal - 1 gol
10/04/2011 - Inter 6x2 Universidade Canoas, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
16/04/2011 - Inter 1x0 Santa Cruz, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
19/04/2011 - Inter 2x0 Emelec, Libertadores da América, Beira-Rio - 1 gol
28/04/2011 - Peñarol 1x1 Inter, Libertadores da América, Centenário - 1 gol
01/05/2011 - Inter 1x1 Grêmio, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
08/05/2011 - Inter 2x3 Grêmio, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
15/05/2011 - Grêmio 2x3 Inter, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
12/06/2011 - Inter 2x2 Palmeiras, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
26/06/2011 - Inter 4x1 Figueirense, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
30/06/2011 - Atlético MG 0x4 Inter, Campeonato Brasileiro, Arena do Jacaré - 1 gol
21/07/2011 - Avaí 1x3 Inter, Campeonato Brasileiro, Ressacada - 1 gol
26/07/2011 - Inter 2x2 Barcelona, Copa Audi, Allianz Arena - 1 gol
27/07/2011 - Inter 2x2 Milan, Copa Audi, Allianz Arena - 1 gol
07/08/2011 - Inter 3x2 Cruzeiro, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
10/08/2011 - Independiente 2x1 Inter, Recopa Sul-Americana, Libertadores da América - 1 gol
14/08/2011 - Bahia 1x1 Inter, Campeonato Brasileiro, Pituaçu - 1 gol
17/08/2011 - Inter 1x0 Botafogo, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
21/08/2011 - Inter 2x2 Flamengo, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
24/08/2011 - Inter 3x1 Independiente, Recopa Sul-Americana, Beira-Rio - 2 gols
31/08/2011 - Inter 3x3 Santos, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
07/09/2011 - Inter 4x2 América MG, Campeonato Brasileiro, Beira-Rio - 1 gol
11/09/2011 - Palmeiras 0x3 Inter, Campeonato Brasileiro, Pacaembu - 3 gols
20/11/2011 - Botafogo 1x2 Inter, Campeonato Brasileiro, Engenhão - 1 gol
25/01/2012 - Inter 1x0 Once Caldas, Libertadores da América, Beira-Rio - 1 gol
22/02/2012 - Inter 1x2 Grêmio, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol

03/03/2012 - Inter 2x1 Ypiranga, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 1 gol
07/03/2012 - Santos 3x1 Inter, Libertadores da América, Vila Belmiro - 1 gol
10/03/2012 - Santa Cruz 1x2 Inter, Campeonato Gaúcho, Plátanos - 1 gol
13/03/2012 - Inter 5x0 The Strongest, Libertadores da América, Beira-Rio - 3 gols
17/03/2012 - Inter 7x0 Juventude, Campeonato Gaúcho, Beira-Rio - 2 gols

sábado, 3 de março de 2012

BRASIL PRECISA MUDAR FORMA DE JOGAR

A Seleção Brasileira segue, amistoso a amistoso, sem um rumo. Nenhuma atuação que nos dê esperança de título na Copa do Mundo 2014 em nossa casa.

Mano Menezes faz experiências e nenhum trás um resultado satisfatório. Sem falar que alguns jogadores apresentam declínio técnico preocupante este ano, entre eles Leandro Damião em relação ao ano de 2011.

Acredito que é hora de Mano Menezes muda a forma de jogar. Criar uma estrutura mais fechadinha e poder tirar melhores frutos de dois grandes jogadores que temos nas laterais, Daniel Alves e Marcelo (ou mesmo Adriano). Escalar jogadores que jogam em grandes clubes europeus e que passaram por diversas situações de pressão na carreira, além de montar uma equipe rápida.

A sugestão parte da seguinte estrutura:

Monto um meio-campo mais pegador, com Daniel Alves, Sandro e Hernanes. Porém todos sabem sair para o jogo e, no caso de Daniel Alves, usando fortemente suas qualidades na beirada do campo. Maicon, excelente lateral da Internazionale, ficaria mais atrás, porém daria robustês na experiência e apoio.

Com a saída de Ronaldinho Gaúcho do time, e no meu entendimento também dos 23 convocados, o Neymar poderia ocupar o seu lado de campo onde rende mais, que é exatamente pelo lado esquerdo. Como ponta de lança o ideal é o Kaká, mas sempre fica uma duvida se ele terá grande rendimento como nos tempos de Milan. Robinho, em excelente ano, também poderia se encaixar no esquema.

A frente continua, no momento, com Leandro Damião. Hulk, Jonas e Alexandre Pato seriam as alternativas, porém nenhum é exatamente centro-avante, Damião leva vantagem por isso. Fred é centro-avante, mas não tem futebol para ser o camisa 9 da seleção em uma Copa do Mundo. Damião ainda está crescendo e tem mais chances de chegar lá.

Mesmo assim, seleções como Espanha e Alemanha estão em nossa frente. Porém uma escalação com essa formação nos permitiria jogar de igual para igual em uma partidade de mata-mata, crescendo assim as chances de título.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

DÁTOLO OU DAGOBERTO?

O início de Dátolo foi empolgante. Dois jogos, dois gols. E não foram qualquer jogos, um clássico Gre-Nal na casa do adversário e um jogo de Libertadores. Já Dagoberto não encontrou ainda seu espaço no clube, começou sem grande desenvoltura, sente o desentrosamento com companheiros e, principalmente, porque este Inter não está acostumado a jogar com dois atacantes.

Dátolo inicialmente sai prejudicado em jogos fora da Libertadores por causa da cota de 3 estrangeiros. Contra o Caxias nem foi relacionado por este motivo.

O importante é que, com a chegada de Dátolo, houve oportunidade para Dorival Jr alterar o esquema tático, conforme o adversário, e manter um ótimo nível do time em campo. Veja abaixo as duas formações que entendo ser a titular do Internacional no momento. Uma com Dátolo, outra com Dagoberto.


sábado, 4 de fevereiro de 2012

NIKE E A NOVA CAMISA DO INTERNACIONAL

A Nike, a maior potência em marcas esportivas do mundo, agora é a fornecedora oficial dos uniformes para o Sport Club Internacional.

Em uma estratégia de maior penetração nos clubes do futebol brasileiro, principalmente porque seu rival Adidas é a patrocinadora oficial da Copa do Mundo e terá muito espaço no Brasil nos próximos anos, a Nike hoje veste Internacional, Santos, Corinthians, Coritiba, Bahia. Desta forma, com estes cinco clubes, torna-se a maior fornecedora de uniformes na Serie A do campeonato brasileiro.


O novo manto do Internacional agradou de cara. Valorizando o clássico vermelho, o destaque ficou para os detalhes nas mangas brancas. Será um sucesso de vendas.

Vem um patrocinador, sai outro, mas vale a pena recordar sempre a Reebok com bons olhos. A marca chegou no clube em 2006, em substituição a Topper. Sempre foi parceira do clube, não só no futebol mas também em diversos projetos, entre eles o Museu do Internacional. Ficará eternamente em posters, vídeos, fotos, pois em sua passagens conquistamos os maiores títulos de nossa história.

Que a Nike traga ao Internacional o mesmo (ou maior) sorte, competência e tecnologia que a Reebok trouxe. Uma nova era temos pela frente com a Nike. Boa sorte na aliança destes dois gigantes.