Quem sou eu

Minha foto
Um amante de esportes, em especial o futebol. Bacharel em Administração, pós-graduado em Finanças e Tecnologia da Informação. No futebol atuou na Vice-Presidência de Administração do Sport Club Internacional de 2007 a 2010 e de 2015 a 2016. Membro da Comissão de Laudos Técnicos dos Estádios pelo Ministério do Esporte e Coordenador-Geral de Modernização da Secretaria Nacional do Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no Ministério do Esporte em 2011.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O ANO DO TETRACAMPEONATO BRASILEIRO?

Não era apenas a minha opinião, mas da grande maioria dos Colorados que tínhamos um bom time mas nosso grupo era deficiente. O pedido de contratações eram grandes e estas cresceram após as vendas de Fred e Rodrigo Moledo.

A angústia do torcedor colorado durou até o último dia da janela de transferência. O Internacional anunciou o retorno do meia Alex e a contratação do avante argentino Scocco. Era o que faltava para o time qualificado virar um grupo qualificado.

Com a qualificação do grupo temos agora alternativas de bom nível para a sequencia de jogos do Campeonato Brasileiro. Importante para um time base que tem média de quase 30 anos e passará por diversos jogos domingo-quarta-domingo.

Alex tem uma importância extra, ele pode substituir D'Alessandro em uma eventual lesão ou suspensão. Antes no grupo estávamos totalmente dependentes do gringo. Scocco será o substituto de Leandro Damião caso este seja vendido, porém é bom destacar que não tem a característica de um centro-avante de área. Para efeito de comparação, Scocco joga em uma posição semelhante ao Rafael Sobis em 2006, ou seja, um avante definidor, mas não tão fixo na área.

Agora temos um time para vencer partidas e um grupo para vencer o campeonato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário